terra planeta águaVivemos numa época de transição marcada por intensas mudanças climáticas, onde o ser humano tem responsabilidade profunda e participação ativa nesse contexto. O planeta ao longo de seus milhares de anos passou por inúmeras transformações, e o estudo das eras geológicas nos mostra isso. A diferença é que agora esse processo foi acelerado por conta de ações antrópicas (ser humano), e as consequências afetam inevitavelmente todas as formas de vida do planeta Terra. Nas últimas décadas a preocupação com tais questões tem se intensificado, porém a adoção de políticas e medidas mais práticas e eficazes para resolução e reversão dessa problemática, ainda deixa a desejar.

Esse blog objetiva abordar pontos relevantes dentro dessa temática, dar dicas e informações sobre consumismo e meio ambiente, legislação ambiental, sustentabilidade, indicação de filmes e produtos, cursos na área, entre outros. A proposta é fazer desse blog um canal de interação reunindo artigos de qualidade para nosso público seguidor.

Sugestões e comentários serão sempre bem vindos, porém passarão por prévia avaliação antes de se tornarem públicos, e os critérios para tal estarão descritos detalhadamente para que não hajam dúvidas, nem falta de bom senso.

O blog nasceu da necessidade de escrever algo que eu gosto, me identifico, e que acho de grande utilidade para o público de maneira geral. É uma forma de disseminar um conteúdo de conscientização, para despertar em nós, seres pensantes, o quão racional de fato tem sido nosso estilo e modo de vida, seja individual, seja coletivo perante o sistema político econômico que desenvolvemos.

Espero contribuir com conteúdo informativo, e conto com a participação de todos para melhorar cada vez mais esse blog!

Priscila Bezrra

Priscila Bezerra é formada em gestão ambiental e mora em um dos biomas de maior relevância no planeta, devido a rica biodiversidade: a Mata Atlântica. Tem paixão desde os tempos da faculdade por educação e ecoturismo, e acredita que as novas gerações tem o poder, e estarão mais esclarecidas para reverter as injustiças socioambientais que ainda cometemos. Porém, essa mudança começa agora com nossos exemplos em relação a hábitos, escolhas e atitudes. Sem hipocrisia, mas com espírito questionador sobre nossas origens e essência apoiadas na base natural da vida, temos que ter consciência que fazemos parte do meio ambiente e precisamos dele.  Não podemos destruir aquilo que integramos. Desenvolvimento sustentável é possível  e necessário sim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s